domingo, 3 de fevereiro de 2013

Boemia


A cada gole desta bebida
Esqueço aos poucos a sua despedida
Hoje eu decidi; irei encher a cara
Para ver se esta paixão em meu peito sara

Há muito tempo eu tento te esquecer
Mas parece castigo; o tempo só aumenta o meu querer
Eu sei que existe outra mulher que me ama
E com ela eu sou injusto; pois só a amo na cama

E tudo isso só faz aumentar o meu sofrer
A minha consciência pesa, por ela não ser o meu querer
Mas eu tenho fé, que um dia vou amá-la
E esta paixão doente; do meu peito irei arrancá-la.

Mas por hoje; só me resta esta mesa de bar
E todo amor que eu sinto, para me embriagar
E amanhã; quando de novo eu tiver vontade de beber
Terei a triste certeza; que ainda amo você....
 

2 comentários:

Sandra Botelho disse...

Como sempre mais um lindo poema. BJos achocolatados

anderson disse...

Boaaaaaaaaaaaaaaaa....

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik