quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Relações

Detritos do que sobrou de mim
Metade do inicio o resto é do fim
Ouço calado o grito do meu coração
Enfeitiçado pelo veneno da solidão

Palavras que se perdem ao se expressar
Este homem que é vitima do verbo amar
Gritos de silêncio, que faz tanto barulho
 

O dia roubou da noite a tristeza do escuro

Amor que um dia; você jurou sentir
E na sua maldade, o deixou partir
Agora que choro este meu sofrer
Eu tento juntar forças para te esquecer...

 

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik