domingo, 20 de janeiro de 2013

Deslizes




Desisto de nas palavras tentar me entender
Por isso agora eu me permito nelas me perder
E como se fosse um sórdido labirinto
Eu vou caminhando seguindo o instinto

A cada novo passo um sentimento aflora
Acalmando esta solidão que me apavora
E assim vou me construindo em meus versos
Usando o amor que ficou e os seus restos

Mas nem tudo se desenha em letras
Sentimentos não se deixa dominar por regras
Por isso eu uso toda licença poética
Para viver este amor sem me preocupar com a ética...

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik