sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Minha mascara


Tantas mentiras que nos conduziram a esta verdade
A vida passa ao ritmo de quem busca por felicidade
Um sorriso que se perdeu, aquela lagrima que já se esqueceu
Tudo roda, em uma rotação constante
O que era amor; um dia vira somente amante
O que não pode. É se perder neste confuso caminho
Onde para chegar às rosas, é necessário escalar os espinhos
Mas tudo bem, ninguém sabe a rece
ita do bem e do mal

Vivemos a mercê desta nossa eterna fantasia de carnaval...

Um comentário:

Ingrid disse...

realidade..
beijo Saulo.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik