domingo, 1 de julho de 2012

Aqui distante


Sua voz tão distante sussurra em meus ouvidos
E a saudade me guia neste labirinto de perigos
Sozinho eu componho esta minha louca paixão
Envenenado pelo desejo e a companhia da solidão


Tão distante a sua presença me incomoda
Sinto você como a minha única namorada
Como posso ser tão submisso a sua indiferença
Fui novamente domado pela sua falsa carência


Não sei até quando; não serei dono de mim
Você é meu começo, o meio, e o meu fim
E é assim que eu vou vivendo estes meus dias
Construindo-te em cada detalhe, de minhas fantasias...


Saulo Prado

2 comentários:

Natália Campos disse...

Canção da paixão. Muito bonito, Saulo! Beijos.

LORENA LEITTE disse...

um lindo amor e sei que as fantasias serão maravihlsas!
adorei
abraços

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik