terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Delírios

Está tão calado este dia
E em mim se esconde a covardia
Medo de quem não quer acreditar
Que o caminho é feito para quem quer caminhar

Eu sei que a culpa foi minha
E desta minha angustia mesquinha
Mas não consigo deixa para trás
Este sonho que não se desfaz

Por isso no silêncio deste dia
Eu escrevo esta outra poesia
Desta vez os versos são de reflexão
Refletido a solidão de caminhar entre a multidão...


Um comentário:

Natália Campos disse...

Saudades de passar por aqui. Beijos!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik