quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Quis


Quis um coração que nunca pensou em se doar,
E então sozinho eu conjuguei o verbo amar
Tentei rabiscar um arco-íris para o nosso cenário
 E fiz do meu coração o cárcere de um sonho ordinário

O tempo me provou que esta nossa distância
Não é o suficiente para matar a minha esperança
O que mais machuca, é dar-me conta que,
Você não precisou da distância para me esquecer

E por mais que eu sofra, o sorriso continua colorindo teu rosto!
Em quanto o meu tem as marcas do desgosto
Só que esta saudade não ira conseguir me vencer
E um dia nesta distância de nós dois eu irei entender

Não fui eu quem perdeu um grande amor
E sim você; no momento em que me abandonou
Pois, só assim eu conseguirei volta a viver
No dia em que você se arrepender por me esquecer....

Saulo Prado

2 comentários:

mEu munDinHo LoUcO disse...

Perfeito.....

Beijos, Elaine Lucas

Sandra Botelho disse...

Alguns amores são inesqueciveis...
Bjos achocolatados

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails