sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Esquizofrenia


Todo silêncio deste texto
Revela um homem sem contexto
Palavras amontoadas como lixos
Reflexos dos meus imprecisos conflitos

Uma vida mutilada pela esperança
Como se me contentasse como uma criança
Jogo de intenções que não sei jogar
O fato é que deixei de acreditar

Porque toda tristeza deste relato
A raiva, o ódio, e o medo, são o único fato
Que prova; que ainda estou vivo
Em um mundo em que amar é ser esquisito...

Saulo Prado

Um comentário:

Anônimo disse...

Uau.... que profundo, assim como os demais... que mesmo tendo ficção, muitos também fazem parte do meu coração.
Lago JK.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik