sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Pássaro Ferido


Tanto sentimento um dia me fez feliz
Agora o que sobrou foi só uma cicatriz
Marca  de  um  grande  amor  andarilho
Que um dia me jogou em cima dos trilhos

Tanta saudade nunca  pensei existir
Agora   ela   vive   a   me   consumir
Devorando-me junto com   a   solidão
Enquanto eu escrevo mais este refrão

Tantos versos não são suficientes
Para aliviar a alma  deste ser carente
Por isso repito sempre as mesmas palavras
Nesta louca tentativa de costurar as minhas asas...

Saulo Prado

Um comentário:

Artes e escritas disse...

Costure as asas e espere cicatrizar para voar novamente.Um abraço, Yayá.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik