terça-feira, 6 de setembro de 2011

Ela e eu

Entre o verão e o inverno, existe o outono
Entre eu e você, existem nossos sonhos
Entre o inverno e o verão, existe a primavera,
Entre eu e você, não existe a angústia da espera

Entre o sol e a lua, existe o entardecer
Entre eu e você, só existe o querer.
Entre a noite e o dia, existe a alvorada,
Entre eu e você, só existe uma estrada

Entre o coração e a solidão, existe a saudade
Entre eu e você, só existe felicidade
Entre a distância e o adeus, existe a dor
Entre eu e você, existe o nosso amor...
Saulo Prado

5 comentários:

joão quitério disse...

Amigo sauro,
É feliz o amor que não conhece a angústia da espera.
É bonito o poema e será bonito tal amor.
abraço, João Quitério

Artes e escritas disse...

Esse seu poema é suave, quase feliz. Um abraço, Yayá.

Vidas e Revidas... disse...

Simplesmente maravilhoso.

Nathaly Pedroso da Rosa disse...

maravilhoso e muito lindo.
estou seguindo e divulgando
nathalypedroso.blogspot.com

SEMPRE FELIZ disse...

A-D-O-R-E-I!!!!
A sutileza destas palavras me encantou... Parabéns Saulo.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik