quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Herói




Tento de novo o que comecei
Amores e sonhos que não acabei
Desafios da alma de quem ousa sonhar
Em um recomeço eu volto a andar

Por caminhos que um dia disse não
E que a vida sabiamente me provou a razão
Sem arrependimento pelo tempo que perdi
Sigo o sol neste novo caminho a seguir

No retrovisor eu deixo o passado
Atento para não ser atropelado
Por erros que me jogaram no chão
Mas que nunca corromperam o meu coração...


Saulo Prado

5 comentários:

Júlio Castellain disse...

...
Gostei também.
Meu abraço.
...

Sandra Botelho disse...

Sempre em frente...Deixar os erros do passado no passado e as alegrias guardar no coração e se lembrar delas sempre que a tristeza essa menina malvada, teimar em nos corromper.
Mas o essencial é ser feliz.
Encontrar e trilhar novovs caminhos sem medo de se perder.
A vida é uma longa caminhada, e nessa caminhada, muitas vezes encontramos caminhos que se cruzam, amores que se perdem, e paixões que não acontecem.
Ficar preso neste passado não vale a pena. Então como diria Dom Quixote, Em frente Sancho Pança...rsrsrrs.
Bjos achocolatados

kirah disse...

que interessante, esse poema me veio bem a calhar, ando assim, trilhando velhos novos caminhos...
belo poema!

Marcinha disse...

Expetacular! Amei...sem palavras.

"Por erros que me jogaram no chão
Mas que nunca corromperam o meu coração..."

;-)

La Belle de Jour disse...

Adorei o poema :)

Passa no meu blog :)

Você vai gostar

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik