domingo, 12 de julho de 2009

Saliência


Quero escrever de sexo sem ser pornográfico
Falar de um beijo que é um prefácio
Para dois corpos grudados em um abraço
Que fazem do desejo seu ponto fraco



Escrever confidencias de lençóis
Volúpia de amor, em um quarto de motel
Que leva um casal à porta do céu
Espelho que reflete o tesão
Faz da noite orgia de dois corações



E quando o ápice chegar
Regado pelo orgasmo da paixão
Meu texto ira termina
Rimando sexo com sedução...



Saulo Prado

8 comentários:

Fabricante de Sonhos disse...

Meu poeta!
O sexo da maneira pura!
O êxtase do amor explodindo em versos teus...
Lindíssimo!

Um beijo meu

exoticlic.com disse...

poeta mesmo hein adorei!

Retalhos de Amor disse...

Amor... Em letras de alto relevo!!!
Suavidade e paixão!!!

Beijos, Amigo Saulo...
No teu terno coração!!!
Iza

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

Um poema sensual pleno de doçura e romentismo!!!

Você é o poeta!!!

Um beijo!!Sonia Regina.

CooKie disse...

é liiindo
eu concordo msm
pq muitas coisas que queremos falr é interpretado completamente errado

Menina Robô disse...

O sexo inocente, sensível e puro... algo que não se fala mais, a não ser como gozar...

Beijos Sensíveis!

matheus gonzales disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
matheus gonzales disse...

ficou sublime o jeito que voce tratou o sexo
algo que deve ser valorizado pois no ato sexual,o que esta em jogo e o prazer de ambos ...
parabens
grande abraço..

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik