terça-feira, 22 de maio de 2012

Pedaços de mim

Eu sou o seu lado avesso
O fim antes do começo
A voz muda do coração
A primeira nota de uma canção

Eu sou um abismo de esperança

O espirro de uma criança
A poesia que não é bela
O amor entre ela e a fera


Eu sou o desvio de conduta
A fruta podre depois de madura
O soneto de uma grande ilusão
A letra escrita com a fome da paixão...


Saulo Prado

3 comentários:

Aline Valéria Ono disse...

Muito bom!!!!

Fabricante de Sonhos disse...

Aqueles que vivem à margem da sociedade, marginal? Não.
Pessoa. Fuga do afeto. Descuido.
Tá lindo o texto, meu poeta!

É sempre muito bom passar por aqui!

Um beijo Grande!
Milla Borges

Denise disse...

Este é o lado sombra de cada um de nós, aquele q não queremos assumir, mas q insiste em estar presente em nós. Muita paz!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik