domingo, 4 de março de 2012

Voz do silêncio

Ele tem medo de sua feminilidade
E faz dela a sua grade,
Que o encarcera no seu coração.
O obrigando a viver em um mundo ilusão.

Ele é homem em sociedade
E por isso vive a sua falsidade,
Chorando todas as noites pelo seu segredo,
Ele vive sob o comando do medo.

Ele é pai e também avô.
E conduz a sua família enredada na sua dor,
Mas seu silêncio sempre grita ao mundo,
Os seus sonhos que ele julga ser imundo...





Saulo Prado


Estes versos são dedicados a um amigo, que vive aprisionado pelo medo, ele é de uma época onde reinava o preconceito inclusive no seu próprio coração...

2 comentários:

Alécio Souza disse...

Em nossa sociedade ainda existe muito preconceito, seja de raça, cor ou opção sexual. Isso faz com que as pessoas sintam medo da rejeição e muitas vezes acabam se isolando na sua própria solidão! Bela homenagem para o seu amigo!
Abs

Um brasileiro disse...

Olá. Interessante. Apareça por la. Abraços.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik