quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Quem tem olhos para ler, leia


Novas palavras para dizer o nada
Versos sem sentimentos que não acaba
Doce ilusão é a poesia
Minha vida vazia vira fantasia

Gosto deste meu brinquedo
Onde revelo todo o meu segredo
Sem medo e  sem culpa
É aqui que invento minhas desculpas

Isto pode até parecer maquiavélico
Mais é algo que vem a ser sincero
Porque o poeta nunca mente
Ele apenas invade a nossa mente...

Saulo Prado

7 comentários:

Angel disse...

Teu mundo quadrado...
Teu mundo cheio de beleza, cor e novas palavras...
Teu mundo... em nada quadrado!

um anjo

ONG ALERTA disse...

Perfeito ele invade sua mente...
Beijo Lisette.

Jeania Lima disse...

Poeta, tanto invade a mente como transborda exteriormente...

Abraços...

Sandra Portugal disse...

gostei muito do seu blog, parabens! Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

Dica Cardoso disse...

O que posso dizer é que sentir-se assim é explêndido...Viver absolutamente mergulhada nesse mar de palavras que revelam,muitas vezes sem tanto dizer,ou que por vezes dizem tanto,atravez de finos véus,sem nada revelar,dar-nos o nosso paraíso particular,onde podemos com segurança a nossa própria alma guardar!Suave constatação...
Belo!

snagay disse...

hi ! friend could we exchange together ?,hope it will be good if we can do.here is my blog
http://cambodiantoday.blogspot.com/

kirah disse...

e que este seja sempre nosso segredinho...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik