segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Destempero

No vazio de meu coração
Encontra-se o excesso desta paixão
Paradoxo  inserido em palavras
Que se perdem e se encontram na mesma estrada

Um desejo que é quase infantil
Quem sabe uma doce mentira do mês de abril
Sonhos de meu amor fugaz
Em uma busca incessante por paz

Gestos sussurros e gritos
É a voz do medo em conflito
Assim se faz a fabula que não teve final feliz
Porque o sapo virou o príncipe que ela não quis...

Saulo Prado

4 comentários:

Sandra Botelho disse...

Tlavez ela prefira o sapo...
Bjos achocolatados querido poeta.
tenha uma linda semana.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

...quem sabe ela gostou mais do sapo...e não leu o seu poema!!!

Um beijo para o príncipe,rsrs!!

Sonia Regina.

Belle disse...

infelizmente as pessoas fazem escolhas por hora incompreensiveis!!!
bjos

Maria Amelia disse...

passando aqui pra te dizer que sempre estou lendo seus poemas, e admiro cada um deles e o poeta tbm, bjos lindo dia.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik