domingo, 12 de dezembro de 2010

Cego de amor


Não sei por onde anda meus olhos
Eles partiram junto de você
E agora não consigo enxergar
A beleza da vida ao amanhecer

Não sei por quanto tempo vai ser assim
Vivendo sem este pedaço de mim
Você não é só a minha visão
Mas também a dona absoluta do meu coração

E agora nesta triste distância
Eu tenho que me agarrar à esperança
De que um dia eu consiga te reconquistar
Acho que só assim eu voltarei a me amar...

Saulo Prado

4 comentários:

Aline disse...

Lindas as suas palavras, expressam muitas vezes aquilo vai em nossos corações! ( Leitor).

More Than Words disse...

Quando alguém que amamos de alma se vai, tudo leva de nós... Este poema apesar de lindo é triste e sofrido

Obrigada pela partilha,
Feliz Natal
T!na

*Mundo Particular* disse...

Lindissimo poema. BjoO carinhoso!!

Glória disse...

Quando o nosso amor nos deixa, o melhor é esquecê-lo também.

Abraços e Boas Festas!
Glória

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik