quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Meu conto de fada

Quase  que  eu  disse  não
Para o grito do meu coração
Ela  chegou  assim  do  nada
E foi  invadindo minha  alma

E  com  medo  de  me  entregar
Dela eu cheguei  a  me  afastar
Mas ela insistiu neste seu  amor
E como a água que mata a cede
Ela matou a minha infinita  dor

E de repente  quando eu notei
Mas uma vez eu me apaixonei
E agora foi por ela minha Cinderela
Que com um único beijo...:
Fez do meu inverno uma primavera


Saulo Prado

3 comentários:

Jairo Gomes disse...

As vezes eu me pergunto se esse medo de ser amado é medo do sentimento ou medo do próprio ser Humano

Lu disse...

Olá! Saulo!

Que lindo poema! Meigo! Amei!

O amor transforma, faz um bem tão grande!


Abraço!

Maria Amelia disse...

lindo esse poema tão suave e doce quanto quem fez.Que seu fim semana seja lindo como o raio de sol,bjos.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik