sábado, 30 de maio de 2009

Fato verídico

Hoje estou só

Depois de anos ao seu lado estou só

Teve fim um sonho de amor

Tudo que nós planejamos

Ficou para segundo plano

Como foi triste o adeus

Ao ver suas lagrimas

Quis pedir para ficar

Sabendo que nossa casa

Não era mais o meu lugar

Quando o portão foi fechando

Junto com as lagrimas meu mundo

Foi desabando, chorei ao ver você chorar

Sem entender qual o motivo

Que levou o nosso amor a acabar..




Saulo Prado


Paralamas do Sucesso - Meu erro

11 comentários:

Bella disse...

O final de uma história sempre é doloroso...mesmo sabendo que o fim é inevitável.
Mas fica a esperança da certeza de que neste momento abrem-se caminhos para histórias ainda mais belas e, quem sabe, definitivas.

Força e paz.

Fatti___ disse...

nossa q trite uma separaçao ...deve doer demais ,mesmo sabendo q nao da mais...

bjus fatti___

Sandra Botelho disse...

Quando o fim é inegavel,
Só resta a coragem para consolida-lo
E esta coragem é o que falta a muitos.
todo o fim é a esperança de um recomeço, é ir novamente em busca da felicidade.
Amei este poema.
bjo

Menina Robô disse...

Agora a vida continua,
nada q um novo amor não resolva =D

Bjokas =*

Kariny

Angela Guedes disse...

Ola Saulo!!!
Vim lhe dizer que tenho um prêmio para você no meu blog...
Indiquei seu blog para o premio “Blog Dorado”.
Um ótimo domingo dá um pulinho lá.
Beijos
Ângela

Amiga do Cafa disse...

A separação sempre é dolorida.
Junto com ela se vão os sonhos e planos.
Faz parte do show, né ?

Manu (Mango Coconut) disse...

lindo poema

e adorei o seu blog
:D

Valdemir Reis disse...

Olá amigo Saulo é sempre uma grande satisfação voltar aqui, registro minha gratidão por sua amizade, atenção e gentileza, obrigado mesmo de coração, tudo isto nos fortalece e aproxima. A casa é nossa volte sempre. Certo estou de que quem segue acompanhado de um amigo vai mais longe, muito além...Saiba que admiro muito o seu trabalho. Realizado sempre com muita Inteligência e excelente qualidade, meu reconhecimento e votos de muito sucesso e brilho.
Amigo Saulo o tempo é senhor de tudo, inclusive de um novo reencontro, tudo é possível! Torcendo pela harmonia e um final feliz, luz divina e sabedoria...
Quero compartilhar com você o poema abaixo do nosso imortal Vinícius de Moraes:
“Certas palavras podem dizer muitas coisas;
Certos olhares podem valer mais do que mil palavras;
Certos momentos nos fazem esquecer que existe um mundo lá fora;
Certos gestos, parecem sinais guiando-nos pelo caminho;
Certos toques parecem estremecer todo nosso coração;
Certos detalhes nos dão certeza de que existem pessoas especiais,
Assim como você que deixarão belas lembranças para todo o sempre. Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.”
Desejo um fim de semana repleto de alegrias extensivo aos familiares. Forte abraço, paz, luz, saúde, prosperidade e muitas bênçãos. Fique com Deus. Felicidades.
Valdemir Reis

Belle disse...

Como todo ser humano, sofremos com as separações.. são tristes mesmo.
Mas acredito que tudo tem um porquê, que se não entendermos no início, com certeza mais a frente vamos acabar sabendo!!!
mto bom seu blog...
vou segui-lo

Cris Animal disse...

Quando há lágrimas nas despedidas, quando há solidão em portas fechadas, quando há um mundo imenso e gigante a nos desafiar não deveria haver separação; as pessoas não poderiam ir embora, se separar, deixar histórias para trás, dividir lágrimas em um fim.
E...mesmo com lágrimas dizemos adeus e mesmo com a solidão vamos embora.

Talvez, esperar a volta seja mais dolorido e cruel do que tentar recomeçar agora. Respirar fundo e pensar que a vida é uma incógnita sempre. Talvez, seja hora de pedir proteção a quem vai e a quem fica e esperar que a incógnita nos traga o melhor de tudo que foi até agora.

O tempo...só ele poderá dizer!FORÇA!

Ameiiiiiiiiiiiiii ver vc lá no meu blog. Obrigada por ter aceito o convite.

beijo grande !

Lygia disse...

Existe dor maior do que essa???
Muito triste... e lindo poema.

Não sei se isso aconteceu com vc, mas com quem quer que seja, o essencial é ter serenidade para continuar. O tempo cura todas as dores por piores que sejam...

Beijos Saulo.

Lygia

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik