quarta-feira, 26 de março de 2014

“Nunca precisou”




Mas uma vez perdi para o meu coração
Ele disse que sim e a vida disse que não
Eu pensei ter encontrado um amor compreensivo
Mas em relação há sentimentos sou um ser primitivo

Eu não sei qual de nós dois errou mais
Mas para saudade não importa quem abandonou o cais
Quando o sentimento é de duplo sentido
Os dois choram por um amor perdido

Não sei se posso esperar um futuro bom
Pois dentro do meu peito bate um coração fora do tom
E neste momento eu estou chorando por ela
Trancado nesta solidão a minha velha e triste cela...
 

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik