quinta-feira, 26 de julho de 2012

Melancolia



A  tristeza tão presente como o ar
Compõe esta minha forma de chorar
Aqui; bem no fundo deste poço
As lágrimas refletem as angustias deste moço

Busco em cada detalhe uma esperança
Em uma poesia, ou em um sorriso de criança
Esta dor esta pungente em minha alma
E não encontro nada que me traga de volta à calma

Assim como os versos tristes destes refrãos
Danço no baile desta minha decepção
Sonhando com o novo dia que vai nascer
Quem sabe amanhã; a tristeza vá embora, e eu deixe de sofrer...


Saulo Prado

2 comentários:

Sandra Botelho disse...

Um novo dia, traz sempre uma nova esperança, uma nova emoção...Uma nova paixão, e tudo se refaz, renasce...E a dor fenece. Bjos achocolatados

Milton disse...

Que belo poema!
Parabéns!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik