domingo, 11 de dezembro de 2011

Dor de uma perda


Sinto falta, do seu meigo sorriso
Aquele que me acolhia como abrigo
Sinto falta, daquele seu jeito de me olhar
A luz que guiava o meu caminhar

Sinto falta, de suas mãos alisando meu rosto
E da sua boca sinto falta do gosto
Sinto falta, de você me esperando chegar
O mundo ficava mais bonito ao você me abraçar

Sinto falta de você, até quando estava doente
Mesmo cuidando de ti, eu era o carente
Sinto falta a todo o momento de ter você ao meu lado
Mesmo depois de sua morte; não estamos separados...

Saulo Prado

3 comentários:

claudete disse...

Mesmo na tristeza da perda ser solidário com o sofrimento do outro conforta, mesmo quando queremos apenas o silêncio sem reverberações. Nunca ficamos sós , as lembranças serão eternas companheiras. Obrigada pela partilha durante este ano .Abraços.

Pequenas Confissões ,Grandes Decisões disse...

Olá tudo bem,Adorei o teu blog,muito
Lindo! Queira que desse uma olhada no meu ,e me ajudasse a divulga-lo,gostaria também que você pudesse comentar,sobre o que achou.
Aqui está o Link : http://decisoes-confissoes.blogspot.com/ ,fiz ele hoje,por isso ainda tem poucas postagens.
Obrigada.

irene alves disse...

Essa falta é muito difícil.
Só quem sente o sabe.
De qualquer modo eu desejo-lhe o
melhor Natal possível.
Bj.
Irene

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails