domingo, 16 de janeiro de 2011

Em seu teatro

 se  passaram  mais  de  dois  anos
Que eu para você sou segundo plano
Você só me chama em suas noites de solidão
Desde  que  acabou  a nossa  relação

Eu para você  sou   um  brinquedinho
Que você usa e depois deixa no caminho
E   é   assim  como  esta  sua  marionete
Que até hoje eu agüentei este seu esquete

Mas nessa sua peça eu não quero mais atuar
Chegou  a  hora  de  aprender a me  amar
 que  você  não  me   quer   por   inteiro
Também não estarei mais neste seu sórdido roteiro...

Saulo Prado

7 comentários:

Sandra Botelho disse...

Algumas pessoas realmente não dão importancia ao amor, não se tocam que amar é inexplicavelmente maravilhoso.
Um sentimento que te toma por inteiro e não te deixa nunca sozinha.
Brincar com os sentimentos dos outros é horrivel, ato digno de pessoas sem coração, diria até sem alma.
Mas muitos fazem isso, infelizmente.conquistam e depois descartam, como se descarta um brinquedo velho.
melhor esquecer meu querido,
se não a dor será eterna.
Bjos achocolatados em seu coração

Srtª Bêêh disse...

Quando sentimentos deixam de ser mútuos não é amor. É bom deixar estes pedaços da vida voarem soltos, livra-los e ve-los escapar e, assim, seguir sorrindo.
Seja muito bem vindo ao meu blog! Obrigada por sua passagem...
Beijos mordidos...

Helinha disse...

Olá, querido!

Que lindo poema!!

Sonhar é bom demais... Criamos um sonho lindo ao lado de alguém querido, amado, desejado... Construímos um castelo (de areia?), planejamos tanta coisa...

E tudo isso é uma delícia de se viver...

Mas quando o querer deixa de ser uma via de mão dupla para ser via de mão única, o sonho acaba...

E aí é hora de acordar!!

Beijos e parabéns!!

Insana disse...

suspirando com o que eu li. suas doces palavras tira um tanto do amargo da realidade..

as vezes tambem prefiro viver de sonhos.

bjs
Insana

Let's disse...

nem dá pra comentar..ninguém gosta de ser brinquedo...mas as vezes isso acontece..somos nós quem deixamos isso acontecer..boa semana

Hope disse...

Saulo, my dear...
Ser é ser inteiro... ser metade é um não ser constante!
Então, meu querido procure com quem ser... inteiro!
Te amodoro
Hope

H A R R Y G O A Z disse...

Wonderful, wonderful, Saul.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik