sábado, 12 de setembro de 2009

Ao som da Solidão

Procuro no silêncio uma explicação

Para esta angustia que sinto em meu coração

Já é tarde da noite e não consigo dormir

O barulho da solidão insiste em me agredir


Caminho pela casa e começo a chora

Lembrando dos amores que ainda não pude amar

Ligo a televisão e não consigo assistir

Resta-me a sensação da distancia de existir


Uma companheira que eu possa dividir

Historia de uma vida, e outra construir

Ajoelho-me ao chão e falo com Deus

Pedindo uma paixão sem previsão de adeus...


Saulo Prado




16 comentários:

angela disse...

Um amor sem previsão de adeus...
Lindo poema.
beijos

Elaine disse...

Olá!
Este é um comentário-convite.
Meu blog está completando neste mês um ano " no ar". Para celebrar e juntar gente interessante estou promovendo uma blogagem coletiva.
Ficarei feliz se você puder participar. Será um modo de divulgar seu espaço e conhecer outros blogs interessantes e que têm algo a dizer.
Conto por você.
O link para a inscrição é este:
http://elainegaspareto.blogspot.com/2009/08/convite-convocacao-pedido-promocao-ou.html
Elaine

Jenny Eshjey disse...

Hi Saul Prado,

Thanks for following my blog. I found your blog interesting. Did you have a follow column? I didn't find one here.

Have A Nice Weekend!

by Jenny Malaysia.

Carol Mioni disse...

Ela aparece.... aparece não! Já apareceu!
lindo, como sempre.

Mariana Simões disse...

Adorei esse texto!
Quem não quer encontrar alguém para completar a felicidade? E engraçado que cada pessoa tem seu tempo, mas essa hora sempre chega para todos!
Bjos!

Sonia Schmorantz disse...

Uma paixão sem previsão de adeus...acho que é esta certeza que todos procuram. Um belo poema.
abraço, bom domingo

Sandra Botelho disse...

É incrivel como consegue colocar no papel em forma de poesia, a dor de tantos.
Lindo poema.
Bjos

Kika disse...

Coincidência

Gorete . SoLua disse...

Adorei o poema!
Maravilhoso!
É... essa angustia... rs ela sufoca. Deixa sem rumo.

Beijos

Ucuyaya disse...

Mi mundo pequeño, pero abierto a la vida, te da la bienvenida a mi corazón.
Gracias por seguir mi blog UCUYAYA

Luciano Braz disse...

Boa noite Saulo

Vim compartilhar da beleza deste lugar, me surpreendi aom explorar um pouco mais o espaço com tantas artes belas.

Parabéns mesmo, esta sendo muito bom conhecer este espaço.

eu vou ficar por aqui "Lembrando dos amores que ainda não pude amar"


Abraço

Luciano Braz

Cris Animal disse...

Oi, meu amigo Querido....sei bem como são esses momentos de solidão, mas eles acabam. Existe um tempo certo, um tempo que não segue a nossa contagem e nosso relógio.
Ela virá!
N~çao vai demorar. Acredite. O Universo sabe o que vc necessita; melhor do que vc.
Ela virá!

beijo enorme

A Madrasta Má disse...

Olá querido tem um selo especial de blog enteado pra vc e promoção no Madrasta! Dê um mordidinha, to te esperando! Bjinhos da Madrasta!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

Cada poema seu é mais um enternecimento:"Ajoelho-me ao chão e falo com Deus

Pedindo uma paixão sem previsão de adeus..."
"O barulho da solidão insiste em me agredir"

Pensamentos lindos e perfeitos!!!

Um beijo e que você encontre o seu amor sem previsão de adeus!!!

Sonia Regina.

Kátia Ruivo disse...

gostei disso 'o barulho da solidão insite em me agredir', mto bom!

bjs

Cravo e Canela disse...

Querido Saulo,
obrigada pela oportunidade de conhecê-lo.Cá estou eu,sendo sua seguidora,não como forma de retribuição,mas como uma fã de suas palavras.
Um grande beijo no seu coração
Gabi

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik