segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Romance a moda antiga

Às vezes minha ingenuidade me incomoda

Eu sei que sou um homem fora de moda

Ainda gosto de serenata,

De passear de mãos dadas na praça

De mandar flores em dia de domingo,

De te-la no colo abraçada comigo


Agora as coisas estão diferentes

E o flerte não é como antigamente

Hoje se vai direto ao ponto; um beijo e depois o motel

Ninguém mais namora a noite olhando para o céu


O romantismo se aposentou,

E deu lugar a sedução sem amor

Não quero levantar bandeira,

E ir contra o amor sem fronteira

Só quero uma mulher que me aceite assim

Um homem que gosta de musica, poema e cetim...


Saulo Prado

É ficção; ou não?


21 comentários:

Bia disse...

Adorei, Saulo... faço parte desta geração que se considera "moderna", mas admiro o romantismo... uma serenata deve ser algo maravilhoso!
Bom feriado, grande abraço!

Joanne disse...

lindo texto!
é pena mas parece que o romantismo passou de "moda" :|

Angela Guedes disse...

Oi Saulo!!!
Admiro a sua sinceridade, o seu romantismo e admiro o amante a moda antiga do tipo que ainda manda flores.
Beijos
Ângela

angela disse...

Saulo
Venho de uma pequena cidade e quando menina acordava as vezes com uma serenata, é algo magico você acordar com uma musica que esta sendo tocada e cantada para você. "Flertei" muito e era emocionante.
Adorei seu poema me fez lembrar coisas muito boas.
beijos

Livinha disse...

Não, não é ficção Saulo, é o amor na sua razão, pedindo sim pra ficar, mas difinitivamente e não um "fique diferente" assim tão indistintamente...
Apenas estamos fora da moda, porque sentimos diferente...
essa moda sem demora, que faz o mundo depressivo, segue com rísco, mas não da conta das sobras..
Continue sendo aquele homem, do tipo que ainda manda flores, ainda existem mulheres que busca assim por seus amores...

Teus poemas são divinos, bem realísta, a cara da atualidade..
Gosto deles!

Obrigada pelo teu convite, quando ao site lá apresentado. Dei uma ligeira passada apenas... ainda retornarei por lá...

Feliz Semana junto aos teus
Bjs

Ela disse...

Maravilhoso...
Pena mesmo que o romantirmo não é mais como antigamente, do rapaz abrir a porta pra mocinha, e das serenatas em baixo na janela...


Beijos

Sandra Botelho disse...

Amante a moda antiga

Eu sou aquele amante à moda antiga
Do tipo que ainda manda flores
Aquele que no peito ainda abriga
Recordações de seus grandes amores

Eu sou aquele amante apaixonado
Que curte a fantasia dos romances
Que fica olhando o céu de madrugada
Sonhando abraçado à namorada

Eu sou do tipo de certas coisas
Que já não são comuns nos nossos dias
As cartas de amor, o beijo na mão
Muitas manchas de batom daquele amasso no portão

Apesar de todo o progresso
Conceitos e padrões atuais
Sou do tipo que na verdade
Sofre por amor e ainda chora de saudade

Porque sou aquele amante à moda antiga
Do tipo que ainda manda flores
Apesar do velho tênis e da calça desbotada
Ainda chamo de querida a namorada

Eu sou aquele amante à moda antiga
Do tipo que ainda manda flores
Apesar do velho tênis e da calça desbotada
Ainda chamo de querida a namorada

Ainda chamo de querida a minha namorada
A minha namorada, a namorada
A minha namorada

Menina Robô disse...

Mas ainda há Esperança,
pois sou esta Mulher que queres rs =D

Amigo obrigada pelas suas palavras de Força, amei!

Beijos

Niny

Jou Jou Balangandã disse...

Saulo, meu querido, me dá o telefone do protagonista?

Amores lindos são assim, feitos de coisas simples!

Bjos

Adoro seus poemas! Logo logo "roubo" mais um!

Luciano Braz disse...

Então moço!
Nem seidireitode que geração faço parte, sou um corrompido pela sociedade, mas ainda acredito nesta magia da sedução, da paixão, do enamorar !

"Só quero uma mulher que me aceite assim
Um homem que gosta de musica, poema e cetim..."


Parabéns moço!
Muito bom seu espaço!

Abraço
Luciano Braz

Canteiro Pessoal disse...

Saulo. Romance a moda antiga algo que se esvaiu, porque o próprio ser humano o rasgou do livro. Eu particularmente, prefiro a ingenuidade que acomoda, faz morada, pois atua o núcleo de personalidade que corresponde ao genuíno e que merece ser respeitado e preservado. Aprecio a prática que é quadrado e tolo para muitos, as cinco linguagens do amor reinando no palco existencial.
Tu citas "Agora as coisas estão diferentes' e a transformo em pergunta. Por que as coisas estão diferentes? A arte de conquista e a arte da espera está em extinção. As partes, conquistador e esperar estão obscuros no ponto crítico que não contém sentido.

Abraços e paz

Priscila Cáliga

marillia disse...

adorei seu blog! *o*

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

Você existe mesmo?

Lindo,doce e terno poema:tal e qual o poeta que o criou!!!Comoveu-me e muito!!!

"Só quero uma mulher que me aceite assim

Um homem que gosta de musica, poema e cetim..."

Um beijo florido!

Sonia Regina.

Pâmela Rodrigues disse...

amantes à moda antiga.... espécies raras.
Não se sinta mal por isso.
É uma coisa boa,
bjos

Carol Mioni disse...

Se a maioria deixou de gostar dessas coisas eu faço questão de continuar sendo a minoria! Nada como uma troca de olhares, uma música especial, uma noite de luar e um botão de rosa. Ah! que saudades dos velhos tempos que não vivi...

Lucia disse...

Olá, Saulo

Você está seguindo o blog apsionada por la vida, que já deveria ter sido desativado, pois tenho outro que se chama http:// lucia-apasionadapelavida.blogspot.com/; ficarei muito contente se quiseres segui-lo.

Abraços

Coisasdemenina disse...

Admiroo sua sinceriidade,
Eu não acho isso antigo nãão
achoo tããoo romantiicoo *-*
Beiijos

Mariana disse...

Saulo que prazer em conhecer o teu mundo quadrado, diferente e tão especial.
És um poeta que transmite sensibilidade.
Foi um prazer conhecê-lo.
Sou tua seguidora nº 300.
Tem algum prêmio? hehe
bjs

Maria Bonfá disse...

conheci seu blog por acaso.. e amei suas poesias.. apeasr do cahamado moderninsmo.. todos apaixonados adoram romantismo.. isso encanta a alma e o coração.. parabens..beijo

Fran disse...

Gostei muito do poema :)
Obrigada por estar seguindo *-*

Beeijão!

Jacke disse...

Também pertenço a essa geração. Nada mais delicioso que uma serenata, ver o por do sol, as estrelas...
Bj

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik