sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Perversa verdade

Procuro palavras, para te falar

Deste amor, que não consigo amar

Há vários anos, que contigo eu casei

Mas confesso; que nunca te amei


Em minha farsa, hoje eu quero por um fim

E entregar para você, um pouquinho de mim

Não posso mais, viver esta ilusão

Que você insiste em dizer, que é nossa união


Eu sei que para você, a rotina é o bastante

Por isto sempre fechou os olhos, para minhas amantes

Mas neste momento minha consciência gritou

Por isto desisto. Dessa nossa mentira; chamada amor...


Saulo Prado

20 comentários:

Gabriella disse...

ola!
me gusta tu blog!

borboleta disse...

Nossas palavras apesar de lindas se transformando em versos poéticos não são tão simples em versos verídicos! Belo poema! Sempre venho aqui pois me identifico muito em seus escritos!É sempre um prazer

angela disse...

Todos devem viver um amor de verdade, pelo menos devem ter a chance de procurar e para isso as vezes é necessário ficar longe de quem se gosta, mas não se ama.
É triste e faz mal para o coração estar com alguem que não nos ama.
beijos

Lídia Borges disse...

Procurar a perfeição é apanágio do ser humano.
Mas ela onde está?
Vejo todo o mundo à procura.

L.B.

clariinha.santana disse...

Não desiste não! Essa 'mentira' chamada amor está em vários lugares... E acho que vai se surpreender com a felicidade que ele pode trazer, mesmo castigado com o tempo :)

Glaucia Elaine disse...

Olá Saulo!

Bela página aqui encontrei!

A verdade sempre é pervessa, mais se faz necessária para o bom andamento das coisas do coração.Esse orgão tão frágil que carregamos dentro do peito que por vezes nos pregam essas peças, e nos deixa assim, sedentos de grito!

O meu Azul pede licença para segui-lo também!

Um abraço!
Glaucia.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Como já foi mais que citado"o poeta é um fingidor"...

No entanto seu poema cabe em muitas histórias de vida:cruel e verdadeiro.

Verdades expostas em muita beleza,bem ao estilo de Saulo!

Um beijo!Sonia Regina.

Pensamento aqui é Documento disse...

Uau!

Encarar as falsas mentiras é mais difícil do que falá-las. Mas só se fala, se consegue encará-las.

Lindo, lindo texto!

Beijos

Sandra Botelho disse...

Perfeito, como todos. Bjos

Simone disse...

Muuuito obrigada pela visita. Parabéns pelo Blog. Abraços

Retalhos de Amor disse...

Algo do eu...
Nestes versos teus, Amigo Saulo
Um grito calado, ainda!!!

Adoro teu cantinho, meu Amigo!!!

Maravilhoso fim de semana pra ti!!!
Iza

Mariana Simões disse...

Oii!
Obrigada por acompanhar meu blog!!! =]
Adorei o seu!!
Bjoss

Ady disse...

Oi.

Adorei seu blog, me indentifico muito com esse seu texto...

Essa mentira imposta por nós, pela sociedade, pela família, pela cultura, pelos costumes...talvez pela ditadura. Será até quando estaremos presos a um papel? A algumas gramas de ouro...sei lá..a uma pessoa! Ainda procuro o amor, acho que ele existe, mais o que encontrei até hoje foi somente ilusão!

Bom, estou começando ainda...me adaptando ao blog, mais estou adorando...se quizer me fazer uma visita, ficarei muito feliz!

http://ariadneady.blogspot.com/

Beijos..e voltarei sempre pra ler as suas belas palavras, escritas de forma leve em versos...

Everson Russo disse...

Belissimo seu blog, e que revelação em poema...parabens...forte abraço e belo sabado pra ti e obrigado por seguir o Livro.

Fabiane disse...

oi... td bem?? fiquei feliz com sua visitinha no meu blog, e vim retribuir, gostei muito do seu cantinho e tb vou te seguir..
bjs

Jou Jou Balangandã disse...

Saulo,
suas poesias continuam lindas! Não demora me aproprio de outra ...

Obrigada pela visita e pelos votos!

Um otimo final de semana pra vc!

Bjou

Maria Bonfá disse...

oi Saulo..lindo seu poema.. forte..intenso.. dolorido.. amei! me trouxe recordações.. bom final de semana..beijos

Gorete . SoLua disse...

Saulo, simplesmente adorei o poema ! Vc colocou em palavras poeticas o que milhoes de pessoas sabem bem o que essa "mentira chamada amor" significa.

:) doces beijos

Inês disse...

Não existe pior solidão do que estar acompanhada de quem não nos ama mais!
A verdade mesmo dolorida ainda é o melhor, traições são a prova máxima de que já não existe o amor, porque significa que já estamos mentindo até para nós mesmos.
Um abraço!

Mah Silva disse...

Poema doído...lindo!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik