sábado, 16 de maio de 2009

Antálgico

Hoje saio em busca de mim

Quero encontrar um menino

Que deixei para traz

Ao lado de sonhos

De um mundo de paz


Paz que perdi

No momento que me entreguei a ti

Dona deste amor visceral

Que transformou o meu mundo

Em escravo, de um desejo fatal


Eu sei, que a culpa não é sua.

Fui eu!

Que não soube dominar este amor,

Entregando-me de corpo e alma,

Como se a vida não tivesse valor

E dependesse antagônicamente

do seu calor...

Saulo Prado


Eu vou Tentar Ira ! - Eu vou Tentar Ira !


7 comentários:

Davi Machado disse...

Muito bom poema, romântico... sereno, gostei do que disse no início:

"Hoje saio em busca de mim
Quero encontrar um menino
Que deixei para traz
Ao lado de sonhos
De um mundo de paz"

parabéns por tão bela inspiração!

té mais

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu poeta!Lindamente dolorosa sua poesia!!!

Cada vez que aqui venho mais me encanto!!!

Um beijo!Sonia Regina.

Menina Robô disse...

Saulo, suas poesias são cada vez mais tocantes...

Bjokas =*

Tenhas um ótimo Domingo.

Kariny

Rosana disse...

Essa forma de amar, as vezes pode acabar sendo destrutiva mesmo, mas quer saber de uma coisa, eu, não sei amar com serenidade... rsrsrsr, vc não é o único, beijo no seu coração!

Gabi'h disse...

Oie...
dá uma passadinha lá pelo meu cantinho, tenho um presentinho pra ti ^^
desculpa não ter avisado antes... tô praticamente sem tempo =/

bjoOo
=D

Reflexo d'Alma disse...

Ei!!
Passando pra conhecer seu espaço nesse domingo,
encantada sigo meu fim de semana
e volto depois com calma.
Bjins entre sonhos e delírios

Nati Damiani disse...

Lindo Saulo!
Bj

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik