segunda-feira, 27 de abril de 2009

Meu aconchego


Nunca tive fome da insaninade

Como tenho agora

Você me destilou, a loucura,

Fazendo dela a minha única cura


De agora em diante a tomarei em pílulas

Toda vês que a realidade me rondar

Transformando a demência

Em minha forma santa de amar


E assim, serei um louco feliz

O mais novo aprendiz;

Aprendendo que ser doido

É bem melhor do que se diz...



Saulo Prado


PS: “Visitem o blog Meu Aconchego, e descubra o lindo texto, denominado insônia, que me expirou estes versos”

http://vidaseverdades.blogspot.com/

6 comentários:

Retalhos de Amor disse...

Loucura... Talvez!!!
Importa é ser feliz!!!

Gratíssima pela maravilhosa
leitura, Amigo Saulo!!!

Beijosss...
No coração!!!
Iza

Sandra Botelho disse...

Esse desejo fulgaz de loucura ,
é quase uma fuga absoluta de uma vida de muitos ais e pouca doçura.

Poetas são como espelhos refletindo e gritando o que a alma esconde.

obrigado pelo comentário carinhoso e pelo doce apoio, que sua alma continue refletindo seu coração e sua mente.

e despejando belas poesias para todos,
Bjos no coração!!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu "louco"poeta!

Se construir esses pensamentos com tanta poesia é ser louco...viva a loucura!!!

Beijos!!!Sonia Regina.

cris disse...

Viver cada momento como se fosse o último pode até parecer loucura, mas é muito sedutor!!!!
Bela poesia!

Bjs,serei sua seguidora!

Cris.

Rosana disse...

Insanidade, as vezes dela necessitamos para tomarmos coragem, para viver, para correr riscos, para acreditar, para alcançarmos aquilo que almejamos e que nos fará feliz, beijo!"

Silvio Luiz disse...

Oi Saulo. Encontrei seu blog, pelo "Destinos Mudos" da Cris.

Clique, vi e gostei, e tenha certeza de que vou voltar sempre que puder!

Abraço

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik