domingo, 22 de março de 2009

Namorico com segundas intenções


Quero só um detalhe

para escrever,

um verso sem texto

todo rimado para você


Pode ser, uma

paquera gentil

um beijo infantil

ou sexo animal

mas que seja algo

de cunho fatal


Um namoro na praça

uma risada sem graça.

Pipoca com guaraná

alguma forma de se amar


E no final tudo vai se encaixar

no encontro das línguas

uma tomada para apagar...

Saulo Prado


3 comentários:

Fabricante de Sonhos disse...

Saulo!
Que fofo esse poema!
Que lindo!
Até senti cheirinho de pipoca e friozinho na barriga de começo de namoro!
Nervosinho de paquera sabe?!

Muito liiiindo!
Adorei!
Aproveito pra desejar uma ótima semana pra vc, viu?!
Um beijo bem grande!

Fabricante...

Retalhos de Amor disse...

De cunho imortal...
Assim me assoma tua Poesia!!!
Maior e Maravilhosa!!!
Beijo no teu coração, Amigo Saulo!!!
Iza
(Não aparecem tuas atualizações lá
no meu bloguinho!!! Porque será???
E, por isso, me privei de estar
nesta tua poética demais de Linda!!!)

Selina Kyle disse...

Muito Lindo!
Adorei esse poema...

Bj!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik