quinta-feira, 24 de junho de 2010

Alma de poeta


Alma pequena que se engrandece
Em versos que a vida aquece
Alma pequena que grita ao mundo
Os mistérios e amores lá do fundo

Alma pequena que se faz feliz
Sem medo e sem um bem que se quis
Alma pequena que voa longe
E que da solidão nunca se esconde

Alma pequena de um aprendiz
Que faz da poesia seu quadro de giz
Alma pequena que planta a flor
De uma semente chamada amor....


Saulo Prado

21 comentários:

jorge manuel brasil mesquita disse...

Sonhos que se sonham por sonhar
nas veredas espantadas do olhar
e ponteiros de tempo sem o vento
que lhes colha o pensamento

são vozes que se ouvem ao passar
a suave brisa que vem do mar
e as rosas que são as cantigas
dos espinhos das trovas antigas

beber poetas e beber poesia
com as palavras da maresia
nas voltas de um velho moinho
que nos pintam quadros de carinho

são desejos de velas constantes
nos bordados de todos os amantes.
Jorge Manuel Brasil Mesquita
Biblioteca Nacional, em 24/06/2010
etpluribusepitaphius.blogspot.com

Sandra Botelho disse...

O poeta se derrama, se esconde, se exclama!
O poeta se inebria, se irrita e espia,
Recebe as dores que a vida lhe mandar
Sem jamais dexar de amar...

Bjos meus e tenha um final de semana perfeito.

Insana disse...

Apaixoneii..
lindo e encantador ..
vou passar o dia com este poema na cabeça.

Bjs
Insana

Insana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Insana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
claudete disse...

Pequena porque sabe se fazer grandiosa através dos seus versos.Abraços, poeta.

Wanderley Elian Lima disse...

Na alma que se planta o amor, só nascem bons frutos. De uma pureza encantadora seu poema.
Um abraço

diariodumapsi disse...

Lindo poema!
Parabéns!Obrigado por me seguir.
Gd beijo

*Maluh Mah* Marinha Luiza disse...

Alma pequena que planta a flor de uma semente chamada amor...
adorei...

Elaine Barnes disse...

Grande poeta,arrasou! Um obra esse teu poema.Na poesia colocamos a realidade que vivemos ou que desejamos viver. De qualquer forma ela é a nossa digital. Montão de bjs e abraços

Eu Meus Reflexos e Afins disse...

Ei!
Falei e cumpri!
Foi la e agoara estou aqui.
Sou mulher de palavra! rsrs
Saudade daqui, adoro.
Lindo texto...
amo poesia sempre.
Bjins entre sonhos e delírios

Dαnielle Oliveirα! disse...

- Perfeito!!
Amei a imagem!

Beijos... Deixarei mais rastros...

Beijos meu querido!

LHÚ WEISS disse...

Adorei seu poema...
como sempre maravilhoso!
Abraços
Lhú Weiss

Pedro disse...

Hey,
tem um selo pra você lá no blog!!

http://pedroprado.blogspot.com/2010/06/ate-qualquer-outro-dia.html


Pega ele lá depois!!

=)

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

Alma "pequena" é a alma de um poeta que tenho a honra de ter a amizade!!!

Um beijo em sua alma!

Sonia regina.

Priscilla disse...

Que achado seu espaço!
Lindas palavras, belas fotos. Me identifiquei.

Parabéns! Fique à vontade pra me visitar também.

Abraços

Karina Guimarães disse...

Belo blog e belo poema!
Te sigo...

Bjss!

Fabricante de Sonhos disse...

Meu querido!
Que poesia encantadora...
A gente não escolhe a poesia... Ela é quem nos escolhe...
Ninguém vira poeta. Se nasce poeta.

Você, poeta, tem lugar cativo em meu coração.

Beijooos e ótima semana!

Andréa Silveira disse...

Vim agradecer a visita, volte sempre! Abraços!

http://meuprojetopiloto.blogspot.com/

Gabi Spears disse...

"...Alma pequena que olha em direção
ao léu, esperando do vento mais
verso soprado do céu"

Gorete . SoLua disse...

Que fofo!
"Alma pequena que se faz feliz
Sem medo e sem um bem que se quis
Alma pequena que voa longe
E que da solidão nunca se esconde"

Doce beijo :)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik