quinta-feira, 13 de maio de 2010

Fênix


Eu sei que você não é mais minha
Também não quero para mim esta sina
Te ver nos braços de outro alguém
Sabendo que você me ama também

Eu sei que quando você o beija
É a minha boca que tu desejas
Eu sei por que comigo também é assim
Amor que nem o nosso nunca terá fim

Deixamos os deslizes estragar a nossa paixão
E agora quem sofre calado é o nosso coração
Por isso eu te peço vamos deixar de bobagem
Volte para mim e vamos mudar nossa realidade

E juntos reverteremos esta situação
Renascendo das cinzas uma nova relação
E assim como a fênix voaremos para felicidade
Destruindo de uma vez essa imensa saudade...

Saulo Prado
Quero agradecer minha doce amiga Helita, que além de redatora me ajudou a construir estes versos...

11 comentários:

Felicia disse...

Como é difícil pedir alguma coisa, ou exigir, principalmente, quando vc se encontra na mesma situação. Mas mesmo assim o coração reclama, se sente traído, quando percebe que não houve boa intenção, apenas jogos de sedução e de ciúmes.
Sei lá, amigo, não sei mais se o gosto da boca é salgado, doce, provocador, ou, inteligentemente, tudo isto junto! Só sei que o coração às vezes se sente um idiota, quando percebe as razões para tantos disfarces a sua volta.
“Ele não quer ser um estorvo pra” ninguém “, e muito menos competir com alguém!” Coração orgulhoooso, fazer o quê? Ele nunca precisou de migalhas.
Neste momento sobrou apenas, um coração derrotado, e muito cansado, de se mostrar sempre, sozinho, para o seu amor.
Desculpe, deixar este comentário, mas as suas palavras, hoje, mexeram comigo.
Abraços
Obs: o meu comentário é fictício também!

Florentino disse...

lindo poema amei adorei

Emilia disse...

Gosto da forma como escreve.
Um abraço
Emília

Insana disse...

Suspirando ...

Bjs
Insana

Gilvânia C. Duarte disse...

Muito bonito seu poema, espressas muita sensibilidade com as palavras e os sentimentos...

"Deixamos os deslizes estragar a nossa paixão
E agora quem sofre calado é o nosso coração
Por isso eu te peço vamos deixar de bobagem
Volte para mim e vamos mudar nossa realidade"

As vezes deixamos a raiva nos controlar e tomamos decissões erradas, expressaste neste verso.

Parabens

Mila disse...

Sabe o que acho lindo em suas poesias, a facilidade em compreendê-las, a mensagem que você passa sempre chega ao leitor de uma forma deliciosa e de facil compreenção.
Bjs da Mila

Luaniinha Lacerda disse...

ah que liindo poema, cada vez que passa voce me surpreende!
Tá de parabééns !
beeijos ;*

*Maluh Mah* Marinha Luiza disse...

Eu queria que meu amor renascesse...
Texto lindo!

Quantas pessoas fazem você se sentir especial? disse...

Lindo, lindo lindo seu blog.
Fiquei até sem palavras.
EStou te seguindo, caso queira dar uma espiadinha no meu sinta-se em casa.
Caso queira me seguir por gostar de algo que leu, vou adorar.
Beijokas.

Suelen Braga disse...

Nossa Saulo, que lindo...
Gostaria de te agradecer pelo comentário de beleza salutar que me trouxe ao seu blog.

Gostei muito da forma como tece as palavras, gostei de tudo aqui..

Estou seguindo vc, um beijo grande =*

Emilia disse...

Um lindo poema, sem dúvida!
Obrigada

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik