sábado, 7 de novembro de 2009

Identidade



Eu sou o caco da vidraça
O grito de arruaça
Eu sou a solidão do silêncio
E a eternidade deste momento

Eu sou a poeira da lua
O sonho que não flutua
Eu sou a insipiência do dinheiro
O corpo partido ao meio

Sou a musica sem som
No beijo, sou o batom
Sou o amor sujismundo
Sou as dores e alegria do mundo...



Saulo Prado

12 comentários:

Bandys disse...

Tudo muito lindo!
Adorei,

"Sou uma mistura de sentimentos...
Sou pedaços de céus com punhado de terra
Sou oceano azul e o verde da montanha
Às vezes estou muito perto outra sou deserto
Sou antídoto e sou veneno..."

Te descobri antes.

Beijos

Sandra Botelho disse...

Sou um sonho sem dormir,
Sou um adeus, sem a coragem de ir,
Eu sou o sono profundo...
Esperando um amor neste mundo!

Sou poeta de rimas imperfeitas,
sou mulher de promessas desfeitas,
sou o verdadeiro amor sem razão,
Eu sou somente uma grande paixão!

lindo, lindo!
O derramar de um coração,
Bjos no coração poeta!

Mariana disse...

Saulo, que linda a tua identidade.
Nunca pensei q um mundo quadrado fosse tão especial,ou seja, eu não imaginava q existisse, até te conhecer.
Tenhas um lindo fim de semana.
beijo

' Joseαne Costα* disse...

' Simplesmtente amei esse post, meus parabéns^^
bjoo's no ♥

=]*

Alécio Souza disse...

Eu tbm sou amante da poesia e confesso que fiquei encantado com os seus poemas! Em breve postarei no blog algumas poemas que escrevi.
Abs

♥♥▬√ih▬♥♥ disse...

Sua identidade é muito linda!
Seus poemas são surpreendentes.

Essa poesia é muito, mais muito linda mesmo!!!

*-*

Bjos

ledice disse...

Adorei o seu blog! É bom ler quando a nossa alma se eleva e fica rindo por dentro...Foi assim o primeiro eencontro com você. Obrigada.

Lêlê Mafalda disse...

Muita coisa, hein.

Paula disse...

Poesia... Gosto.
Voltarei com mais tempo e atenção
Paula

Fernández disse...

Bem, não tenho muito para falar sobre uma obra tão maravilhosa. Espero continuar lendo escritos tão bons quanto esses.

Parabéns!!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

Você está além de tudo que "poetou"...seu sentimento é muito mais doce que estas rudes palavras deste lindo poema...não tente se esconder em suas rimas!!!

Beijo!

Sonia Regina.

Ianê Mello disse...

É...momentos de perda pelas quais passamos e faz perte lidar com essa dor.

O tempo cura as feridas.

Um abraço.

Estou te seguindo, pois gostei muito de tudo que por vi.

Venha me conhecer também, em meus labirintos.

http://labirintosdaalma.blogspot.com

Um abraço.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik