segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Fábula de um aprendiz

Sentimentos perdidos,
Em meu mundo de conflitos
Uma sede de transformar-me,
Dita o que quero conquistar

Vai alem do material,
E transcende o transcendental
Vivo nesta angustia da busca,
Tentando me apegar ao que é real

Sigo uma só filosofia,
A do amor sendo o oposto da covardia
Não quero nada que não possa doar,
E conquisto tudo que a verdade pode me dar

Não! Eu não sou um santo,
Mas sim um ser humano dotado de fé
Fé que me leva ao mundo da imaginação
Onde o céu não é o limite, mas sim o coração... 


Saulo Prado

13 comentários:

Majoli disse...

Às vezes fico sem saber o que dizer ao te ler, é tudo tão mágico.

Sei que não consigo ler uma vez só, leio e releio.
Lindo e encantador estes teus versos.

Beijos.

Sandra Botelho disse...

Que não haja limites para sua imaginação.
Que seus sonhos sejam por uma grande paixão,
Que sendo sonhos você seja sempre razão.
E que entre sonhos e razão,o vencedor seja sempre seu coração!
Lindo poema.
Bjos no coração!

Amelia disse...

lindo mesmo,como sempre amei,bjos.

Paula Laranjeira disse...

Saulo, É bom nos sentir na palavra do outro, assim a palavra fica viva, fica forte, fica verdade...lindo texto.

abraços

Sonho de uma Flauta disse...

O céu nunca será o limite, e sim o coração...é nele que estão todos os sentimentos desde amor até a falta da razão.

Que Deus abençoe sempre a sua vida, com paz, alegria, saúde...com regadas de bons sentimentos, para todas as horas que necessitares.

Com carinho Lú.

Ana Paula Duarte disse...

Olá!!
Muito obrigada pela visita...E que lindoo é o seu blog!!
Gostei muito...
O post então...Cheio de ansias humanas de um ser que busca apenas o equilíbrio ou até busca transcender...Um ser humano falho que só quer ser feliz...Que pôe o amor acima de tudo...Quão lindo é...Busca linda a tua.
Parabéns querido.
Abração.

Arthur Damaso disse...

o sentimento que vc aplica em seus textos e poemas fica bem evidente. Muito legal seu blog. Obrigado por seguir meu blog.

Até!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

...o céu não é o limite,mas sim o coração!"

Só esta frase já seria maravilhoso,e aí a gente lê todo o poema e a alma se encanta!

Um beijo!

Sonia Regina.

Elzenir disse...

Olá Saulo querido, vc que é tão romântico...já beijou na chuva? Conte no meu blog. Bjs

Karina Lie disse...

'Vivo nesta angustia da busca (...) o céu não é o limite, mas sim o coração'

lindo :D

Ianê Mello disse...

Belo poema, cheio de sentimento.

Sim...o coração é o limite.

Belo!!!

Virgínia Mello disse...

Olá Saulo! Adorei seu blog, já estou seguindo tb!
Bjo e muita poesia pra tua vida!

Virgínia Mello disse...

Olá Saulo! Adorei seu blog, já estou seguindo tb!
Bjo e muita poesia pra tua vida!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik