domingo, 25 de outubro de 2009

Desilusão




Ela me ensinou minha primeira lição
E domou o meu coração
Abusou de minha inocência
E me conquistou usando a carência

Ela era menina e se fez mulher
Provando que pode tudo que quer
Cigana em todos seus sentimentos
Deu-me amor e desilusão no mesmo momento

Ela chegou e se foi quando quis
Deixando uma grande cicatriz
Marcas de meu primeiro amor
Dor que nunca me abandonou...


Saulo Prado

17 comentários:

Sandra Botelho disse...

Nunca deixe a dor, morar em seu coração, deixe que ela se vá junto com quem a causou.
Lindo poema. Bjos no coração

Débora Camargos disse...

Menina má essa daí.
Menimas más fazem coisas más.
Amei!

Joie disse...

Tem momentos que marcam mesmo.. e este, nos é marcado para sempre. Guarde como uma bela lembrança...
Beijos de Joie

Patty disse...

QUE TRISTE.
NÃO DEIXE TRISTEZAS INVADIRES A ALMA SE TORNANDO EM AMARGURA E SOLIDÃO.
VIVA A CADA MOMENTO COMO SE FOSSE O ÚNICO.!
ABRAÇOS E MEL PRA TI

PASSA LA NO ANONIMA E PARTICIPE DA MINHA ENQUETE SOBRE MÚSICAS!
BY!

Amelia disse...

amor ,quando é amor fica pra vida toda , fica no coração e nunca mais sai, pelos menos comigo é assim, amor verdadeiro.

Luciano Braz disse...

Ela era menina e se fez mulher
Provando que pode tudo que quer ;

Nós sempre caimos nesta amigo.




Boa tarde meu caro, como é bom vir compratilhar de tuas escritas. Estive ausente ... muitos fatos e atos ... mas sempre que posso venho aqui lhe prestigiar.

Abraço viu ... boa semana a ti a todos os amigos que aqui visitam.

Luciano Braz

Jou Jou Balangandã disse...

Nossa, primeira desilusão de amor...foi a tanto tempo que nem me lembro mais!
Lindo poema, as usual!

im disse...

"Provando que pode tudo o que quer"...porque será que às vezes provamos tudo o que não queremos o que não somos?

Gente esquesita os humanos;)

Beijos

Limã☼ Analógic☼ disse...

É...
Desilusão a dança mais solitária que existe!
Embora, todos a conheçam!

Abraço!
Limão Analógico

REGGINA MOON disse...

Querido Saulo,

Tem selinho para retirar em meu Blog Verso & Prosa, na postagem de 23/10.

Lindo Poema, como sempre nos apresenta!!

Um grande beijo!

Reggina Moon

♥♥▬√ih▬♥♥ disse...

Não deixe a solidão te dominar! Força, a vida continua!

Ah! Obrigada por seguir meu blog!
Estou seguindo o seu!

Bjos *-*

Elzenir disse...

Olá, Saulo, há um selo para você em meu blog. Bjs

Pedro Henrique Prado disse...

Lindo poema.
Desilusões acontecem sempre (eu so a prova disso!Hauaua)....MAs o que importa é como você encara isso!!
Gostei!!
=)
pedroprado.blogspot.com

Elzenir disse...

Desiludimo-nos tanto porque colocamos expectativas demais nas situações e nas pessoas. Só vivendo é que vamos aprendemos a lidar com as nossas emoções. Eu sou uma pessoal extremamente emocional, aos tropeços, vou tentando dominar minhas emoções. Bjs

Majoli disse...

Não sei se a "Desilusão" é real, mas que me comoveu ao te ler, me comoveu.

Triste...

Beijos.

R.Varela disse...

*.*

Sem comentarios

B. disse...

Que triste viu?
Mas lamento dizer que não são só os homens que se desiludem, as mulheres sofrem mais! hahaha

beijãao :)

http://pequenab.blogspot.com/

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik