terça-feira, 11 de agosto de 2009

Toada da Vida


Inexpugnável é o poder de recomeçar
Caindo para aprender se levantar
A cada passo em nova direção
Excomungamos os vícios de antigas decepções



Por isso abana a poeira é a lei
Construir castelos com as pedras que trupiquei
Ir para frente sem olhar para trás?
É assim que o tolo faz



Não tenha medo de assumir que errou
E erre de novo, mas sempre com amor
Pois só assim um dia aportaremos no cais
Trazendo no rosto um sorriso de paz...

Saulo Prado


PS: Estes versos foram isnpirados em um texto de Sandra Botelho do Blog Meu aconchego inclusive foi a Sandra que escolheu o titulo, visite o blog dela vocês irão se surpreender...



7 comentários:

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

Já dizia o poeta Gonzaguinha:"Começaria tudo outra vez,se preciso fosse,meu amor..."

Agora leio o seu poema e você me diz igual,mas com seu jeito Saulo de ser que muito me agrada!!!

Um beijo!

Sonia Regina.

Retalhos de Amor disse...

"Caindo para aprender se levantar"
E como a vida nos ensinaria
senão pelos tropeços!?!

Belíssimo Poema-Reflexão, Saulo!!!

Beijos, meu Amigo...
No teu coração!!!
Iza

Angela Guedes disse...

Oi Saulo!!!
Adorei seu poema, ele nos mostra que sempre devemos aprender com nossos erros e usá-los para nos fortalecer e fazer melhor da próxima vez.

Juliana Lima disse...

Adoro seus poemas! sempre que posso estou aqui lendo-os!

passa la no meu blog que eu deixei um selo pra você!

beijos

Natália Janine Carneiro disse...

Muito bonito esse texto. Tô seguindo também. ;*

EDUARDO POISL disse...

Ninguém tem culpa
Daquilo que não fomos
Não ouve erros

Nem cálculos falhados

Sobre a estipe de papel;
Apenas não somos os calculistas
Porem os calculados

Não somos os desenhistas
Mas os desenhados
E muito menos escrevemos versos
E sim somos escritos

Ninguém é culpado de nada
Neste estranhar constante
Ao longe uma chuva fina
Molha aquilo que não fomos...

Autor: Desconhecido
Um lindo final de semana com todo carinho para você.
Abraços

Sandra Botelho disse...

Não é dificil dar um titulo, a um poema escrito com a alma.
É só ouvir o que o coração tem a dizer e ele logo nos diz...
E a vida segue, as vezes em uma toada leve, as vezes de forma tão rapida que nem vemos as coisas acontecerem, e nessa toada da vida nós desenhamos nosso caminho.
Parabens poeta.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik