quarta-feira, 19 de novembro de 2008

Idem

Ao lado dos sonhos dormem calado os pesadelos;

dentro do peito morde uma rouca esperança
a alma flutua em busca de algo para anestesiar
a doença que sinto, este jeito louco de te segurar

Perto de mim me deparo com a distancia
no seu beijo não encontro o meu sabor;
E na solidão? A sua sombra me ofusca
A noite procuro te ninar
com meu ronco forte a te desperta,

São caos desta paixão
que faz de mim um homem em reconstrução
eu amo o seu jeito de me odiar
e detesto o meu jeito de te amar...

Saulo Prado

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik