segunda-feira, 7 de abril de 2008

Do barqueiro e do Buda


Buda caminhava pela beira do rio com um amigo, quando notou um eremita no alto de uma rocha. “Aquele é um homem muito santo”, disse o amigo. “Há trinta anos está meditando”. Buda olhava, curioso, o homem santo. O amigo, entusiasmado, prosseguiu: “Aquele santo atingiu tal estágio de iluminação que, depois destes trinta anos, já é capaz de atravessar este rio levitando, sem molhar os pés”. “E se eu aprendesse a remar, quanto tempo demorava para fazer a mesma coisa?”- perguntou Buda. “Não sei”, respondeu o amigo, surpreso. “Talvez dois dias”. “Neste caso”, continuou Buda, “é melhor aprender a remar. O mundo espiritual foi feito para outras aventuras”.

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik