domingo, 31 de julho de 2016

Reticências



Eu não sei o que esta acontecendo
Se é eu ou você que esta se perdendo
Eu só sei que o amor ainda vive em mim
Então afaste para longe este Cálice com gosto de fim
De uns dias para cá tudo se esfriou
O nosso olhar como nunca; se desencontrou
Talvez a rotina esteja afetando nossa relação
E eu estou com medo desta sua rejeição
Mais saiba que eu também tenho orgulho
Por isso não vou ficar dando tiro no escuro
Um dia é da caça e o outro do caçador
Mas lembre-se o que esta em jogo é o nosso amor...

Por Saulo Prado

2 comentários:

Alécio Souza disse...

Olá amigo, td bem? Como vc está?
É sempre difícil qdo o amor termina, seguir em frente sem a pessoa amada pode doer muito. Lindos versos.
Abs.

CÉU disse...

Olá, querido amigo!

Um poema, muito belo, k espelha bem a desilusão de um amor e até a chamada de atenção para a amada.

Não há pessoas insubstituíveis e no amor NÃO HÁ MESMO!

Tudo de bom!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik