terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Solilóquio



Às vezes uso as palavras como meu teatro
E busco viver nelas outros atos
Papeis que ainda não experimentei
Amores que simplesmente inventei

Faço isso para regar meus sentimentos
É muito mais que um simples passatempo
O jeito que eu encontrei de viver uma paixão
Mesmo estando casado com a solidão

E assim eu construo o meu monólogo
Um jeito narcisista de dizer até logo
A estas constantes dores do coração
Que se curam com o veneno da minha imaginação...


Saulo Prado

19 comentários:

SONIA MENEZES disse...

Adorei! um a visão irônica-divertida de falar das dores do coração!
Aproveito para lhe dizer que tem um selo esperando por você no meu blog. Dá uma passadinha por lá... um grande abraço!

Angela Guedes disse...

Oi Saulo!!!
Genial, me transportei ao uso das suas palavras.
Um grande abraço.
Ângela

Everson Russo disse...

Belissimo, palavras definem a vida, decifram o amor...abraços e um belo dia pra ti.

Ana Paula Moreto disse...

Muito bonito, as rimas me fascinam. Parabéns!
E o conteúdo tambem maravilhoso!
Adorei!
Bjos!

Nanda Oliveira disse...

Não veii! Pague imuito pau pro seu poema(ou poesia não sei diferencia-los. Super lindo, saiba q é dificil eu entender esses tipos de narrativa, mas esse tocou fundo a primeira estrofe marcante, me identifiquei muito com ela.


Abraço! Parabéns! ;*

anne. disse...

já falaram tudo o que eu ia falar... :9

demais!

xoxo

ps: dá uma passadinha lá no meu blog... (:

Principe Encantado disse...

Amigo muito lndo seu poema, dura verdade dos amantes que sofrem por amor "Mesmo estando casado com a solidão".
Parabéns.
Abraços forte

Mariana disse...

O mundo redondo poderia ser tão belo quanto este mundo quadrado.
Amei o poema.
bjs

Gilson disse...

Muito bonito.

Abs

Sandra Botelho disse...

Muito bonito...
Bjs!

Selina Kyle disse...

Ola, muito interessante sua forma de se expressar...
Tb uso as palavras como um teatro, uma peça de ficção...
Bjs!

Everson Russo disse...

Abraços amigo e um belo dia pr ati.

Fernanda Luz disse...

Simplesmente texto lindo...fico a refletir cada palavra...Ótimo restinho de semana.

Luaniinha Lacerda disse...

é perfeeito , fiquei ate sem palavras
voltei a postar depois da uma passadinha lá ;*

Drika disse...

Oi, tem promoção lá no Drika Curiosa, passa por lá para conferir e participar!

Marília disse...

Olá Saulo!!!
Maravilhosas palavras...
Me senti um pouco em cada palavra... acredito que pegastes a essência do que cada ser representa e vive no mundo. As palavras nascem antes de simplesmente ser. Servem muitas vezes de analgésico para a vida que inventamos a cada dia.
Sigamos assim... construindo monólogos, até o dia que de alguma forma reverbere no grande espetáculo do "mundo".
Beijos doces.

Marília disse...

Olá Saulo!!!
Maravilhosas palavras...
Me senti um pouco em cada palavra... acredito que pegastes a essência do que cada ser representa e vive no mundo. As palavras nascem antes de simplesmente ser. Servem muitas vezes de analgésico para a vida que inventamos a cada dia.
Sigamos assim... construindo monólogos, até o dia que de alguma forma reverbere no grande espetáculo do "mundo".
Beijos doces.

Carol Mioni disse...

Facil se reconhecer nas suas palavras. Muito bom ]
beijos

Denise disse...

Então...
Vim para agradecer vc ter-se feito seguidor de meu blog,ando meio afastada ,neste periodo corrido que antecede as festas e ferias.
Volto para lhe conhecer com tempo,por hora quero dizer que aqui é tudo intenso e lindo.

grata
Carinho
De

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik