sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Cafona é a solidão




Estou cansado de escrever sobre solidão
Mas são só estas palavras que saem das minhas mãos
E elas vêm direto do meu repetitivo coração
E revelam este meu mundo chamado decepção

Eu que sempre fui piegas por sonhar com amor
Hoje sou obrigado a viver a mercê desta dor
Eu sei que sou um homem digno de pena
Mas só escrevendo esqueço um pouco o meu problema

Eu queria neste momento poder chorar
E botar pra fora todo este desejo de amar
Mas o choro se perdeu na falta de sentimentos
Por isso basta me contentar com estes momentos

Momentos em que escrevo sobre a paixão
Mesmo o tema sendo minha sórdida solidão
Quem sabe minhas palavras possam tocar alguém
Que esteja em busca da verdadeira felicidade, também...

Saulo Prado

21 comentários:

anne. disse...

ótimo texto (;

xoxo

Carol Mioni disse...

Tocar alguém toca. Me toca, sempre!

E então, vamos ser piegas e felizes?

Teca... disse...

Ótimo texto! Adorei! Parabéns!
Bjs^^

Luaniinha Lacerda disse...

QUE ISSO o.O
ameeei o texto *----------*

pescadora disse...

oi.cheguei e bordo e gostei desse mundo quadrado parabens

Maria Flor! disse...

Vamos ser piegas então, mas felizes.
Belissimo - mui belo!

Beijos

Beatriz Prestes disse...

Alguns versos nos chegam como labaredas.....e a alma se reconhece neles. Nestes momentos de tudo quanto é óbvio, mas inusitado!!
Tudo de lindo! Adorei conhecer teu espaço!
Bea

Elaine Barnes disse...

É amigo. O mal do século é a solidão, tem gente até dançando com a própria alma porque não tem com quem dançar. E quer saber, a felicidade está na alma mesmo, qdo a gente a ouve, fazemos as coisas certas por nós. Qdo ela grita e nos fazemos de surdos,sofremos. Por isso de alguns anos para cá gosto muito da minha cia, me ouço e me sinto feliz comigo. Não sinto solidão. Sou uma pessoa sozinha,mas, sem solidão. A gente cansa mesmo.Seu poema é sempre de bom gosto e as palavras muito bem elaboradas. Gosto demais! bjs

EDUARDO POISL disse...

Lindo texto!!!


"No fim tu hás de ver que as coisas
mais leves são as únicas que o vento
não conseguiu levar:
um estribilho antigo,
um carinho no momento preciso,
o folhear de um livro de poemas,
o cheiro que tinha um dia
o próprio vento"

(Mário Quintana)


Desejo um lindo final de semana com muito amor, paz e carinho.
Abraços com todo meu carinho.

Elaine Barnes disse...

Obrigada amigo! Gosto de variar na minha simplicidade de escrever. Vou das bonecas de brinquedo às gueixas sensuais rs...Nem sempre gosto do que escrevo,mas,tento melhorar. rs...Montão de abraços,desejo um excelente final de semana(aqui tá chovendo) bjão

Vivian disse...

...no decorrer da vida aprendí
a usar todos os benefícios
da minha solitude, e assim
não tenho mais intimidade
com a tão cantada solidão.

posto que em solitude eu me
completo independente do
mundo lá fora, e assim
completa em meu ser,
amiga de mim mesma, torno-me
plena para dividir com o outro
minha felicidade.

...filosofei eu sei.

mas suas palavras me levaram
a isso...rsrs


um bj, moço pensador!

onedelicatebutterfly disse...

Belíssimo!

*-*

Bruna Nunes disse...

Falar de solidão se tornou até clichê. Muitos falam mais nem todos sentem, ou conseguem passar através das palavras o que verdadeiramente se sente na presença. Suas palavcras são a tradução dos meus sentimento. Muito bom.

ONG ALERTA disse...

Te permita fazer o que quiser e escrever o que der vontade e paz no seu coração.

CARLA ROCHA disse...

Saulo, querido amigo, estamos em sintonia. Cafona mesmo é não amar! Grande abraço!

Fernanda Luz disse...

Coração abandonado, solitário, triste...recordações de muitos momentos que passei. Abraços!!

Lethéia disse...

olá...mto bom beijo.boa semana!

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!!

Solitário e lindo poema que só não tocará corações de pedra!

Você é maravilhoso!!!Sua poesia é viva!!!

Um beijo com minha ternura!!

Sonia Regina.

Mariana Tatos disse...

quem vive por solidão é quem vive por platonismo...
a vida é feita de "inteiridão" só quem ama o hoje sabe, usufruí-la...
bjs

Sandra Botelho disse...

Lindo poema,
Ninguem está completamente só, a não ser que opte por isso.
Muito lindo mesmo seu poema.
Bjos no coração!

S.C. disse...

Lindo poema!

Bjus

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik