segunda-feira, 29 de dezembro de 2008

A minha sede é da busca


A minha vida tem sede
de algo que ainda não bebi
sede do que não é liquido
nem gasoso, muito menos solido

A minha sede é você
o poema que ainda não escrevi
a musica que não escutei
o sonho que não sonhei
a mulher que não amei

E sedento, sigo esta minha jornada
neste deserto de solidão
procurando nos oásis
o meu coração...

SAULO PRADO

Um comentário:

Conceição Duarte disse...

"A minha sede é você
o poema que ainda não escrevi
a musica que não escutei
o sonho que não sonhei
a mulher que não amei"

MUITO, MUITO LINDO O QUE ESCREVE AQUI NO SEU ESPAÇO. VOLTAREI MAIS VEZES PARA VER AOS POUCOS, O MUITO QUE VC JÁ ESCREVEU! bJUS con

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik