quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Fragrância

Sem palavras para te dizer
Começo a novamente escrever
Aquele meu velho repertório
Que é muito mais que notório

Por que até os cegos podem ver
Este meu grande amor por você
Está escrito em meu olhar
E nem o silêncio consegue me calar
                  
Estes meus loucos sentimentos
Estão por ai soltos ao vento
Seguindo o seu doce perfume
Como o meu melhor e único costume...

Saulo Prado

5 comentários:

Valquíria Oliveira Calado disse...

Sabe amigo, neste tempo aqui,(15 meses) eu tenho destilado do mesmo perfume que vc, mas acho que preciso de me amar, me fazer grande em alguma coisa, e não é em humilhação... alguém está nos perdendo, e acho sinceramente que não sabem o valor que temos...
boa sorte, seja feliz, trace um plano de felicidade pro novo ano, beijo teu coração com carinho e amizade.

Mila Lopes disse...

Olá Saulo!

Realmente és um homem que exala paixão, sendo assim um ser raro entre os homens...
Parabéns!

Bjs

Mila

Sandra Botelho disse...

Quando o amor é impossivel...A dor é infinita.Fere magoa, entristece demais.Bjos achocolatados

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

Você é um ser em extinção!

Por mais que afirme que seus poemas são fictícios exalam uma verdade de sentimentos que só os verdadeiros poetas possuem!

Minha admiração e meu carinho!

Sonia Regina,

Maria Amelia disse...

um dia lindo pra vc ,não nada melhor do que sentir o perfume da pessoa amada.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik