sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Asas Do Espírito


O espírito voou em busca dos seus sonhos
Que estavam ofuscados pela carne
O espírito se libertou de sua prisão
E a chave de sua liberdade se denominava morte

Ele morreu para nascer
Deixou com que a terra sepultasse
O seu algoz
E fez da justiça da reencarnação

A prova da existência de seu Deus

O espírito iluminou-se pela liberdade
Que se faz da eternidade
Decifrou o seu livre arbítrio
E aceitou a sua colheita...




Saulo Prado

Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik