segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Sou meu fruto


Hoje me vejo, árvore que semeei
E o pior
é que não gosto do fruto
Preso a um amor
me sinto só

Quero uma nova colheita
mordê no fruto proibido
sem sofrer de novo o castigo
E não mais te deixar só...

Saulo Prado




Nenhum comentário:

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik