quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Tropeços

 
Em seu silêncio eu me descobri
Carente do seu néctar sou seu colibri
Você é a flor que me alimenta
E o medo da solidão que me atormenta

Sou o vilão que quer a princesa
O príncipe trancado em sua fortaleza
Sou a duvida desta nossa paixão
E a certeza que o amor pulsa em meu coração

Mas nestes dias que você fica distante
Eu uso a saudade como triste amante
E só assim eu tenho a inspiração
Para escrever poesia sobre as dores de nossa relação...
 
Saulo Prado

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik