terça-feira, 22 de maio de 2012

Pedaços de mim

Eu sou o seu lado avesso
O fim antes do começo
A voz muda do coração
A primeira nota de uma canção

Eu sou um abismo de esperança

O espirro de uma criança
A poesia que não é bela
O amor entre ela e a fera


Eu sou o desvio de conduta
A fruta podre depois de madura
O soneto de uma grande ilusão
A letra escrita com a fome da paixão...


Saulo Prado

domingo, 6 de maio de 2012

Meu veneno


Já não sei mais o que diz o meu coração
Até parece que ele se acostumou com a solidão
No vazio dos meus versos já não existe  poesia
A saudade roubou de mim até a fantasia

Tento rimar as palavras em busca de um sentimento
Mas a rima se perdeu na angustia do tempo
Sou só eu; ao lado desta multidão
Como caminhar em um mundo de ilusão?

Tantas vezes tentei me perder em outros olhos
Mas a sua falta é algo que sai dos meus poros
Não sei se aqui existe vida sem você
Só sei que a morte; é esta minha impossibilidade de esquecer...

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik