sábado, 28 de janeiro de 2012

Minha princesa

Eu sei que você esta confusa
Não entende esta minha conduta
Eu sou um labirinto sem rota
A vitória que se conquista na derrota


Eu sei que você não me entende
Por isso acho que deva segui em frente
Eu sou o pecado de seu desejo
E a sede do nosso único beijo


Eu sei que às vezes fico calado
Não sou homem para ficar ao seu lado
Eu sou o sapo que não vira príncipe
Por isso não sou da sua estirpe...


quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Periódico



Quando a noite grita o silêncio
E a solidão eterniza o momento
Você vem vestida de ansiedade
Saciar a minha alma de felicidade


Quando o sono acorda os sonhos
Antes dos meus medos medonhos
Os anjos me conduzem aos seus braços
Só assim sinto-me inteiro; não mais um pedaço


Quando o sol acende o dia
E eu acordo da minha fantasia
Sou de novo a vitima desta realidade
Ao despertar neste meu mundo, chamado saudade...


sábado, 21 de janeiro de 2012

Efêmero


Tão só quanto esta solidão
Eu ouço calado o silêncio da canção
Tão triste quanto o significado da tristeza
Eu aprecio sem ver a sua doce beleza


Tão distante o quanto é a saudade
Eu desejo de ti a felicidade
Tão tocante como é a poesia
Eu sinto você nesta minha fantasia


Tão eterna como a chuva de verão
Foi assim que acabou a sua paixão
Tão  certo como é o final
Eu e você não somos mais um casal...


Saulo Prado

Maria Antonia


Minha menina; meu dom de viver
Filha querida o que me faz crescer
Ser seu pai é simplesmente ser feliz
É ensinar sendo somente um aprendiz


Minha menina; poesia mais doce
Uma criança; fragrância erva-doce
É mais que querer é querer se doar
É nada mais nada menos o fato de te amar


Minha menina; minha grande conquista
Você é a arte que realiza o artista
Minha menina; eu sei que não és minha
Você é minha dona e também a de sua sina...




Saulo Prado

domingo, 15 de janeiro de 2012

Veneno que não mata

Tão simples como uma canção
São as notas batidas do meu coração
Amor, ilusão, solidão e saudade
São os repertórios desta minha triste felicidade


Tão sedenta como minha boca
É a sede de você sem roupa
Poesia no gesto de amar
Sexo não é a palavra certa para se confessar


Tão mentira quanto a sua verdade
É a bondade desta sua maldade
Me conquistou para dizer adeus
Fazendo de si; Julieta sem Romeu...

sábado, 14 de janeiro de 2012

Alma de dona

Mulher; com seus sonhos e desejos
Ela enfeita o mundo  com gracejos
E sabe seduzir sem falar


Mulher; flor singela dos meus sonhos
Sede e água  que eu componho
Em uma poesia chamada amor


Mulher; fruta fora da estação
Melodias e versos da canção
De quem não precisa cantar...


sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Noite de amor

Um pequeno toque de inspiração
Soprou uma leveza em meu coração
Assim eu compus o poema perfeito
Ao recostar a cabeça em seu peito

Seu perfume inundou o ar de felicidade
Matando afogada a minha triste saudade
Uma lágrima brotou em meu olhar
E meus olhos te convidaram para amar

Juntos, nós nos completamos um com o outro
E o amor foi germinando pouco a pouco
Naquela noite eu te jurei amor eterno
Dois corpos pelados compondo o que é singelo...

Homicídio da paz



 
Violência contra o cidadão
A sociedade em um ninho de corrupção
Medo que se esconde em um sorriso
E os abusos fazem este mundo de conflito

Mortes sem nenhuma explicação
Falta Deus e  amor no coração
Drogas se compram como balas em qualquer esquina
E elas são os motivos deste mundo de chacinas

A cadeia não alcança o seu objetivo
Os presos saem dela muito mais agressivos
E assim vivemos em um país cheio de leis
Em que o cidadão comum, dos bandidos é freguês...

Por/Saulo Prado

sábado, 7 de janeiro de 2012

Sementes


Queria escrever algo para o seu coração
Alguma palavra que te trouxesse emoção
Falar sobre coisas que faça seus olhos brilhar
Lembrando-nos de um tempo em que ousamos acreditar

Queria poder te trazer de volta, a coragem da juventude
E te provar que quando a gente quer, somo capazes de grandes atitudes
Mas mesmo que eu não consiga-te emocionar
Eu te peço; nunca deixe de nos seus sonhos acreditar

Queria ter agora, a inspiração de um grande filósofo
E poder terminar este texto; não com um simples até logo
E sim com a certeza que tem um bom jardineiro
Que as sementes semeadas, darão colheita no ano inteiro...

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Carrossel


Eu e você, mistura especial
Um amor acima do bem e do mal
Eu e você, desejo e paixão
A nota e a melodia de nossa canção

Eu e você, sede e água
Fogo e beijo que acalma
Eu e você, terra e o céu
A alegria inocente de um carrossel

Eu e você, despedida e chegada
Um homem e sua linda namorada
Eu e você, alegria e dor
Temperos que dão o gosto ao nosso amor.....


Saulo Prado

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Quis


Quis um coração que nunca pensou em se doar,
E então sozinho eu conjuguei o verbo amar
Tentei rabiscar um arco-íris para o nosso cenário
 E fiz do meu coração o cárcere de um sonho ordinário

O tempo me provou que esta nossa distância
Não é o suficiente para matar a minha esperança
O que mais machuca, é dar-me conta que,
Você não precisou da distância para me esquecer

E por mais que eu sofra, o sorriso continua colorindo teu rosto!
Em quanto o meu tem as marcas do desgosto
Só que esta saudade não ira conseguir me vencer
E um dia nesta distância de nós dois eu irei entender

Não fui eu quem perdeu um grande amor
E sim você; no momento em que me abandonou
Pois, só assim eu conseguirei volta a viver
No dia em que você se arrepender por me esquecer....

Saulo Prado

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Delírios

Está tão calado este dia
E em mim se esconde a covardia
Medo de quem não quer acreditar
Que o caminho é feito para quem quer caminhar

Eu sei que a culpa foi minha
E desta minha angustia mesquinha
Mas não consigo deixa para trás
Este sonho que não se desfaz

Por isso no silêncio deste dia
Eu escrevo esta outra poesia
Desta vez os versos são de reflexão
Refletido a solidão de caminhar entre a multidão...


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik