quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Desilusões


Sensibilidade da alma de um homem
Que nas suas lágrimas não se escondem
Coragem   de   ser  um   forte  perdedor
O poeta faz rima e brinca com a sua dor

Desejo de semear flores em um jardim
No canto do concreto ele colhe capim
E assim vão surgindo rimas de saudades
De quando as enxurradas traziam a felicidade

Tempo  de  outrora  que  ele  era  criança
E seu sorriso tinha gosto de uma esperança
Agora   são  os  sais  que  ditam  o  sabor
Nas feridas ardentes de um velho amor...

Saulo Prado

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Brasil


Falta coragem para sermos felizes
Estamos presos a velhas cicatrizes
Somos alvos de nossas ambições
Estamos estagnados em obsoletos  padrões

Tudo é falso neste mundo de verdades
As ideologias hoje são fome de vaidades
Mentiras sinceras vencem eleições
E o povo é governado por honestos ladrões

Nossa sociedade não esta mais falida
Mas descobrimos que a riqueza não valoriza a vida
E assim vamos vivendo nesta  torre de Babel
Onde o inferno esta fantasiado de um sórdido  céu...

Saulo Prado

domingo, 25 de setembro de 2011

Posologia da dor


Tudo que eu te disse um dia
Fez parte de minha covardia
Eu era submisso ao medo
E escondia de mim os seus segredos

Você foi a maior mentira que acreditei
A verdade que para mim inventei
Mas hoje não é mais assim
Você é o câncer que arranquei de mim

Se quiser saber se agora sou feliz
Digo-te que a felicidade não me condiz
Pois tenho saudade da doença
Mesmo depois da morte você é a minha crença... 
Saulo Prado

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Pássaro Ferido


Tanto sentimento um dia me fez feliz
Agora o que sobrou foi só uma cicatriz
Marca  de  um  grande  amor  andarilho
Que um dia me jogou em cima dos trilhos

Tanta saudade nunca  pensei existir
Agora   ela   vive   a   me   consumir
Devorando-me junto com   a   solidão
Enquanto eu escrevo mais este refrão

Tantos versos não são suficientes
Para aliviar a alma  deste ser carente
Por isso repito sempre as mesmas palavras
Nesta louca tentativa de costurar as minhas asas...

Saulo Prado

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

Encontro com Deus


Às vezes me pergunto como tenho tanta certeza da existência de Deus?
 E a resposta me vem rápido; depois de tantos encontros com ele, como eu posso ter duvida. Sim! Eu tenho encontros com Deus,  e este encontros acontecem de varias formas, hoje por exemplo foi na leitura de um livro, alguns devem esta pensando ele esta falando da Bíblia, não meus amigos, este livro não foi a Bíblia, e sim um livro de ficção, as vezes encontro com Deus no sorriso de meus filhos, quando peço perdão a quem  magoei, quando perdôo quem me magoou, quando ouço uma musica,  quando me emociono com um filme, em fim quando deixo a vida me tocar, a vida é a mão de Deus ,e as vezes estamos muito ocupados e preso em nossos medos para poder senti-la.
Neste meu encontro de hoje, aumentei a minha certeza de que Deus dever ser amado, e não temido, ouço muito a expressão “temer a Deus”, eu me pergunto; a gente deve temer quem nos ama, quem é nosso amigo, e acima de tudo o  nosso pai, bem acredito que não, o amor de Deus não tem como ser comparado com este amor mesquinho que nós temos, este amor que sempre quer algo em troca, no amor de Deus não existe cobrança ele é  por inteiro.
Eu fico triste, quando vejo algumas religiões, que querem conquistar fies, pelo  medo, usando o nome de Deus como se ele fosse um cobrador, que ira  cobrar de você, seus pecados com juros e correções, Um dia Jesus disse que Deus é perdão, disse para não julgarmos, outra coisa que não entendo é que todas as religiões tem uma interpretação diferente da Bíblia, cada uma de acordo as suas convicções, mas existe uma parte na Bíblia que não existe interpretações diferentes,  é igual para a todas as religiões, esta parte é a vida de Cristo, a forma que ele viveu o exemplo de doação e de fé que ele veio nos deixar, e é  justamente esta parte que é deixada de lado, o foco é voltado para dogmas e cobranças, mas quem sou eu para julgar o que é certo ou errado, na verdade o que quero dividir com vocês, é esta minha experiência de se encontrar com Deus, de notar sua presença nas coisas mais simples, como, quando um cão abana o rabo,  quando o sol se põe, quando você sente o cheiro da terra molhada ao cair da chuva, é tão simples estar com Deus não é preciso rituais nada disso Deus não necessita de interlocutores.
Se até mesmo eu, um cara cheio de defeitos, que tem muito ainda o que aprender, pode se encontra com Deus, o que você esta esperando, vá de encontro a Deus, deixe a vida te tocar, e descubra que para ser feliz basta não ter medo de viver...

Saulo Prado

terça-feira, 20 de setembro de 2011

Meu Descompasso



O silêncio que faz este barulho
É  algo  que  me  deixa  inseguro
No meio da multidão me sinto só
Sua ausência tem me dado um nó

Ando  em  vão  sem  saber  aonde  ir
A única certeza é que não vou ficar aqui
Nesta  casa  onde  o  vazio  lota  tudo
E para mim até o dia se torna escuro

Sou   vitima   de   minha   segurança
Eu acreditava que tudo era bonança
Até o dia que você me disse que iria ir embora
  ai  descobri  que  a  felicidade também chora...

Saulo Prado

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik