quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Doce irresponsabilidade


Meu coração vagabundo
Não cansa de se perder neste mundo
Meu sangue aventureiro
Da boêmia é o único herdeiro

Na noite encontro a razão
Que embriaga este meu louco coração
E em cada brilho de um olhar
Entrego-me ao desejo de se apaixonar

Levo a vida como se não existisse morte
E faço da felicidade meu perigoso norte
Sou uma criança perdida no parque
Fazendo da sedução minha obra de arte...


Saulo Prado

11 comentários:

Felina Mulher disse...

Bom dia meu anjo,

Tive alguns probleminhas na net e hj o Felina Mulher é aberto somente a convidados. caso vc tenha interesse em ler minhas insanidades, me envie seu email,para que eu possa te enviar o convite,ok?

Um beijo grande.....FE!
felinamulher@gmail.com

Pistoleiro Corvo disse...

A morte é apenas o começo!

Fernández disse...

Sempre fico inpressionado com tua forma de escrever. Algo tão dificil é descritode forma tão simples e tocante.

Fernandez
http://terza-rima.blogspot.com/

Sandra Botelho disse...

E se for essa a forma de se ser feliz...Então que seja, é da boemía que nasceram nossos melhores poetas.
Bjos achocolatados

Jorge Manuel Brasil Mesquita disse...

A obra é infinita
quando alguém nos grita
que a flor da vida
é um rasgão, a ferida
que nos morde o coração
que nos viola a separação
entre quem tudo escuta
e quem nada labuta
para não ser o prisma
que nos quebra o cisma
de se gritar feminino
de se ouvir masculino
e não ser ninguém
no olhar de alguém
Jorge Manuel Brasil Mesquita
Lisboa, 06/08/2010
etpluribusepitaphius.blogspot.com

Coisasdemenina disse...

Viver sem lembrar da morte acho que é o melhor jeito de se viver..
Beijos

Insana disse...

Uma linda criança arteira.

bjs
Insana

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Meu Poeta!

Sua paixão maior é o Amor!!!

Ame,ame muito para sempre nos presentear com seus poemas!

Um beijo carinhoso!

Sonia Regina.

Danny Babe disse...

Quanta coisa linda e interessante. Posso ser sua fã?
danielababe36@yahoo.com.br
Beijoka de anjo.

artificial sweetener disse...

adoreii o texto. Parabéns !


http://substantivoartificial.blogspot.com/

Natália disse...

A sedução é obra de arte de infinita data e o ser humano usa toda a graça quando a executa...
Parabéns pelo poema, menino.
És lindo no que escreves.
Beijinhos e muito sol no coração!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik