segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Réu Confesso



Tantas noites eu já chorei
E muitas outras seu nome eu gritei
Sou um escravo da madrugada
E a solidão tem sido minha namorada

Desde o dia em que me abandonou
A insônia, o seu lugar na cama ocupou
Minha vida se tornou muito vazia
Sem a sua doce e meiga companhia

Eu sei que fui o único culpado
Não dei valor à mulher que vivia ao meu lado
Agora além da culpa que trago comigo
Sua ausência é meu maior castigo

Também sei que não mereço perdão
Mas só te peço! Que ouça meu coração
Ele pulsa seu nome a todo o momento
Não deixando meu amor, cair no esquecimento....


Saulo Prado

13 comentários:

Mariana disse...

Não creio que tu ñão mereces perdão..
todo mundo erra, e todos tem o direito de outra oportunidade.
Qd há amor, tudo é possível.
Tenhas uma bela semana.

.::Carol::. disse...

Que lindo adorei...
Ja estou seguindo vc...
Segue a gente tbm...
Eu to meio sumida mas estou voltando aos poucos....

Bjus
=)

.::Carol::. disse...

Que lindo adorei...
Ja estou seguindo vc...
Segue a gente tbm...
Eu to meio sumida mas estou voltando aos poucos....

Bjus
=)

Elaine Barnes disse...

As vezes crescemos com nossos erros,outras repetimos a mesma história por não entendermos.O arrependimento é sinal de humildade,uma chance de não errar de novo. O perdão mais difícil é o nosso para conosco mesmos. Difícil nos perdoar pelas bobagens que fazemos,mas, é preciso pra continuar, sempre que há amor, tudo é possível.Lindo poema. bjs doce amigo

яo disse...

Linda e triste escrita...!
Beijinhos de luz querido saulo!

*-*

Li... disse...

Nossa, muito lindo!

Carol Mioni disse...

Foi a confissão mais bonita que já vi! =]

Felina Mulher disse...

É claro que há perdão meu anjo...o amor perdoa sempre.To deixando meu rastro...aguardo tua visita.

Beijos.

Belle disse...

Quem ama perdoa sempre, apesar do tempo que isso pode levar...
Lindo seu poema!
bjos Saulo

Borboleta Azul disse...

Lindo e triste!
Beijokas da ♥Klara ♥

Kim Sousa disse...

Ae Saulo...muito bons os poemas...escreve bem...

Adorei o blog...Até mais...

Jou Jou Balangandã disse...

Lindo poema!Ainda bem que tudo muda, e que a agonia do protagonista em breve terá fim!

Daniela Dias Ortega disse...

Muito triste, mas agradável.
Você tem muito talento, criar bons poemas não é fácil e não é pra qualquer pessoa.
Sempre que visito o blog, tem algo especial pra nos surpreender.
Parabéns pelo talento!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik